Cancelamento Clix

Cancelamento Clix

Mensagempor strogonoff em Terça 26-05-2009 2:36

Agradecia que alguem me pudesse aconselhar numa situação que já se alastra a algum tempo.
A carta seguinte foi a que enviei à clix dizer o que se passava:

"Venho por este meio informar que desejo cancelar o meu contrato com a clix com o número--------em nome XXXXX com o nº de contribuinte XXXXXX.
Venho ainda apresentar a seguinte reclamação: em meados de Dezembro contactei a clix por via telefónica com o objectivo de terminar o contrato acima referido, no final desse mês, devido a instabilidade na internet.
Expressei a minha intenção de mudar para um serviço de internet da concorrência, tendo o vosso funcionário perguntado se tinha intenção de manter o actual número de telefone fixo.
Nao tinha qualquer preferência, pois este é esporadicamente utilizado, mas respondi que sim, podia manter o mesmo número, ao que o operador me respondeu: "Assim sendo, connosco (a clix) já está tudo tratado,só necessita contactar a empresa para a qual pretende mudar".
Procedi como indicado e contactei a zon tvcabo, onde informei que tinha terminado um contrato com a clix e pretendia contratar os serviços desta operadora a partir de Janeiro (dado que, tudo me fazia crer, já não usufruir dos serviços da clix).
No entanto, para minha surpresa, recebi a factura da clix referente aos meses de Janeiro, Fevereiro e Março.
Contactei novamente a V.empresa para reportar a ocorrência, ao que me informaram que não cancelaram o contrato porque eu não efectuei bem o procedimento.
Embora eu tenha deixado explícito no meu primeiro telefonema, o desejo de cancelar o contrato a partir de Janeiro e do operador me ter dito que já estava tudo tratado, informam-me agora que deveria ter pedido _PORTABILIDADE_ ao contactar a zon.
Obviamente, dado que tal informação não me foi dada, eu não poderia ter dela conhecimento, nem a ter transmitida à zon tv cabo.
A clix assumiu (pelos vistos) que, embora eu tenha indicado claramente que queria cancelar o contrato em Janeiro,continuava a ser utilizador.
Também só agora, fui informado das duas possíveis formas de cancelar os serviços e que estes seriam cancelados apenas um mês após o envio desta carta.
Estão assim a ser-me cobrados 3 meses de serviços que eu não utilizei, nem pensei que ainda pudesse utilizar,cobrando-me cerca de 120€ por erros e informações incorrectas e incompletas dadas pelos vossos operadores.
Isto não me parece ser apenas uma incompetência da clix, mas sim um esquema desonesto para conseguir "sacar" uns meses de pagamentos extra a clientes mais ingénuos/distraídos.
Recuso-me a pagar a factura acima referida e espero de V. Exas. a resolução desta situação com a maior brevidade."

O que devo fazer?
strogonoff
Novato
Novato
 
Mensagens: 1
Registado: Terça 26-05-2009 2:29

Re: Cancelamento Clix

Mensagempor PhoteK em Terça 26-05-2009 3:26

strogonoff, a informação está correcta.

Existem 2 possibilidades:
pedido de portabilidade - onde o futuro prestador informa o actual;
pedido de cancelamento - onde o cliente expressa essa vontade mediante carta ou fax para o operador actual.

Em nenhum contrato se podem adivinhar as intensões das partes sem comunicação escrita. A clix manteve o serviço activo porque não foi informada em contrário pela ZON ou por ti.
PhoteK
Utilizador
Utilizador
 
Mensagens: 1052
Registado: Quinta 04-11-2004 16:47

Re: Cancelamento Clix

Mensagempor mesmer em Terça 26-05-2009 7:24

Mas supostamente, o operador questionou se queria manter o mesmo número e em caso afirmativo, o pedido devia ter sido submetido com portabilidade. E parece que não foi. De qualquer forma, acho que a única forma que existe para terminar contratos, com ou sem portabilidade, tem que ser sempre por escrito.
Great minds discuss ideas. Average minds discuss events. Small minds discuss people.
mesmer
Utilizador
Utilizador
 
Mensagens: 919
Registado: Sexta 26-11-2004 13:48
Localização: Lisboa/Leiria
ISP: kanguru

Re: Cancelamento Clix

Mensagempor Look4you em Terça 26-05-2009 19:49

Caro strogonoff:

Cancelamentos de serviços fazem-se sempre mas mesmo sempre por escrito ou presencialmente, e temos aqui um infeliz exemplo do "diz que não disse".
Ao contactá-los para rescisão, eles disseram-lhe sim senhor e que da parte deles já estava tudo uma vez que queria a portabilidade, contudo o serviço não foi desligado, estando eles á espera que a próxima operadora tomasse conta do assunto, o que só aconteceu pelos vistos 3 meses depois, o que lhes dá a legitimidade de lhe cobrarem esses 3 meses.

Como saberá as rescisões são feitas com um aviso prévio de x tempo (vem a dizer no contrato que efectuou), e é esse o tempo que eles têm para lhe poderem cobrar o serviço, uma vez que após esse tempo mesmo que não desliguem e você utilize na mesma o serviço, esse já não lhes é devido porque a culpa de não o desligarem é deles e não sua.
Com a Netcabo em tempos isto já aconteceu (não sei se ainda acontece agora com a ZON), que era o cliente enviar a carta de rescisão, e eles na data que deviam desligar não desligavam, e o cliente ia usando o serviço enquanto não chegava a nova operadora, depois queriam cobrar esse tempo (dias ou meses não interessa), e não tinham legitimidade para o fazerem, uma vez que o cliente desistiu e tem algo na mão que pode provar seja onde fôr que se alguém cometeu um erro foi a operadora e não o cliente.

No seu caso temo que vai ter de pagar, e vai ter de enviar uma carta mesmo a manifestar a sua intenção de rescindir o contrato com efeitos a partir do dia xx do mês xx do ano xxxx (veja no contrato qual o prazo e não se esqueça que esse prazo conta apenas a partir da data de recepção da carta, pelo que deve enviar registada com aviso de recepção), e se quer um conselho e uma vez que não necessita que o nº seja o mesmo, mande lixar a portabilidade que é aquilo que eu faço quando mudo, quem me quiser contactar sabe o meu nº de telemóvel e esse é o meu nº privado, o de casa serve para fazer chamadas mais baratas para a rede fixa apenas e já não há a necessidade de toda a gente ter esse nº como antigamente, porque com a portabilidade vai pagar um x de €€€ sem necessidade nenhuma.

Não esqueça nunca que qualquer contacto com uma operadora seja ela qual fôr com vista a resolver contratos ou qualquer assunto (por exemplo avarias) deve fazê-lo por escrito (pode ser mesmo email), para assim obter uma resposta cabal ao que pretende, e ter algo palpável na mão que serve de prova em como na data x foi enviada uma comunicação acerca de tal assunto, e á qual recebeu ou não resposta.
Este é o melhor método e o mais barato de resolver as coisas, se optar pelas chamadas, além do dinheiro que gasta nas mesmas, depois vai ter sempre o "diz que não disse", ou o "não temos qualquer registo sobre o assunto".

Espero que tenha aprendido a sua lição, e que pense daqui para a frente que você está de boa fé, mas nada lhe garante que a outra parte o está, e o resultado disso é o que você diz: sacar uns meses de pagamentos extra a clientes mais ingénuos/distraídos.

Cumps
Look4you
Utilizador
Utilizador
 
Mensagens: 131
Registado: Quinta 16-11-2006 21:27

Re: Cancelamento Clix

Mensagempor PhoteK em Quarta 27-05-2009 1:36

PhoteK
Utilizador
Utilizador
 
Mensagens: 1052
Registado: Quinta 04-11-2004 16:47

Re: Cancelamento Clix

Mensagempor Look4you em Quarta 27-05-2009 21:08

Photek o cliente não é obrigado a saber (se não lhe disserem), que deve solicitar ao novo operador a tal portabilidade.
Isso deveria ter sido de imediato informado ao cliente, ou seja ser-lhe explicado que ao contratar novo serviço, que queria a portabilidade do anterior nº que tinha, e isso não aconteceu como pode verificar pela conversa do strogonoff.

Como tal o juízo de valor que ele fez e eu copiei (se é que reparou nisso), aplica-se bem.

Num contrato de arrendamento todos sabem que para sair terão de informar o senhorio, mas já no caso dos contratos de duração superior a 1 ano, por norma a maioria das pessoas não sabe que ao enviar a carta de rescisão de contrato de arrendamento, o mesmo só terá efeitos após 120 dias, ou seja avisa hoje e sai daqui a 4 meses, senão cobram-lhe os restantes meses, embora haja senhorios compreensivos e deixem a pessoa sair quando quer (ás vezes é melhor do que o inquilino deixar de pagar, quer seja por ter ficado desempregado, quer seja por outro qualquer motivo).

Neste caso e tratando-se de um operador e de um pedido de rescisão de contrato, o empregado da operadora explicou quase tudo e omitiu esse facto (propositado ou não), terá sido coincidência? Pode ser que sim, afinal errar é humano, pena é que pelos erros de uns sejam outros a pagar, e mais não digo.

Cumps
Look4you
Utilizador
Utilizador
 
Mensagens: 131
Registado: Quinta 16-11-2006 21:27


Voltar para QUEIXAS E RECLAMAÇÕES

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 5 visitantes

cron